Oscar: Michelle Yeoh se torna 1ª asiática a receber indicação como melhor atriz

Indicações ao Oscar 2023 também tiveram a maior representação de atores asiáticos na história do prêmio
FLÁVIO PINTO

Michelle Yeoh é a 1ª asiática a concorrer como melhor atriz

Demorou, mas aconteceu: hoje (24), Michelle Yeoh se tornou a primeira mulher asiática a receber uma indicação ao prêmio de Melhor Atriz no Oscar. A nomeação veio pelo longa Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo – produção mais indicada do ano. Ao THR, ela disse: “Isso vai muito além de mim“.

No momento presente, constantemente, o tempo todo, tem asiáticos vindo até mim dizendo: ‘Você pode fazer isso, você está fazendo isso por nós’. Eu entendo totalmente.’ Todo esse tempo, eles não foram reconhecidos, eles não foram ouvidos”.

Ela continuou: “Estou no ramo do cinema há 40 anos. Quando você tem a validação de seus colegas, tudo isso é como a cereja do bolo. Mas a razão pela qual você faz filmes e apresenta seus bebês ao mundo é porque você quer que a história seja contada, você quer que as pessoas entendam, seja sua cultura, sejam certas histórias muito comoventes ou contos importantes, para ser contado”.

É raro para uma atriz conquistar sua primeira indicação aos 60 anos. E mais raro ainda para uma mulher não caucasiana. 

Indo para sua 95ª edição, o Oscar parece ainda ter um problema com minorias, especialmente na categoria de atriz. Até hoje, apenas uma mulher não branca levou o troféu: Halle Berry por A Última Ceia, em 2002. A lista ainda conta com poucas mulheres negras indicadas (14, sendo as mais recentes Viola Davis e Andra Day, ambas em 2021). O que já parece pouco, é ainda pior quando listamos as performances de atrizes de outras raça: apenas quatro latinas, duas indígenas e agora uma asiática.

A indicação de Yeoh marca a primeira vez que uma mulher que se identifica como asiática recebe uma nomeação na categoria. Em 1936, Merle Oberon, nascida na Índia, foi nomeada na categoria, mas passou a carreira “optando” (o melhor dos eufemismos) por não reconhecer sua descendência. Vivien Leigh indicada e vencedora por E O Vento Levou… e Uma Rua Chamada Desejo também tinha sangue indiano, mas se identificava como mulher inglesa. O mesmo vale para Salma Hayek, indicada por Frida, em 2003, que tem descendência libanesa, mas se identifica mais como latina.

Além de Michelle, outros três atores asiáticos foram reconhecidos este ano: Stephanie Hsu e Ke Huy Quan, ambos por Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo, e Hong Chau por A Baleia.

Até então, o recorde de indicações para asiáticos e descendentes em um mesmo Oscar havia acontecido em 2002, quando foram indicados os ingleses com ascendência indiana Ben Kingsley Shohreh Aghdashloo, – ambos por Casa de Areia e Névoa –, e japonês Ken Watanabe por O Último Samurai.

A 95ª cerimônia do Oscar está marcada para 12 de março de 2023 e terá apresentação de Jimmy Kimmel, que assume o papel pela terceira vez. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.